SW!G - Tapada do Barão Colheita Seleccionada Rosé
Cerveja, vinho e espirituosas entregues à tua porta.
Tapada do Barão Colheita Seleccionada Rosé
Preview

Tapada do Barão Colheita Seleccionada Rosé

Desde

Região de origemAlentejo
CastasTouriga Nacional, Castelão, Syrah
PaísPortugal
ABV%13.0%
EspecialidadeUma jovem rosa fresca e frutada. Ideal para uma tarde de verão. Fermentação das castas separadas em cubas de inox com temperatu-re controlado. Seguido por algumas semanas, fique sur lies com battonage.
ProdutorGranadeiro - Monte dos Perdigões
OlfactoÀ vista de Reguengos de Monsaraz, no extenso e intrigante Alentejo, encontra-se o Monte dos Perdigões na posse da família Granadeiro desde 2001. Foi em tempos casa de Damião de Góis, humanista Luso do Séc. XVI e mais tarde do ilustre maestro e compositor Luís de Freitas Branco, que aqui compôs algumas das suas obras mais marcantes. É um lugar marcado pela sensibilidade artística, pensamento livre e obra feita.Aqui nasceu a Adega do Monte dos Perdigões, por entre as vinhas que se veem renascer ano após ano, numa fusão entre o passado e o futuro, onde imperam materiais nobres como o mármore alentejano e o carvalho francês. Aqui são criados os vinhos do Monte dos Perdigões, vinificados e engarrafados sob o rigoroso controlo de uma dedicada e inspirada equipa técnica e o enorme respeito pela mãe natureza.
AlérgenosContém Sulfitos
Servir aServir a uma temperatura de 12ºC.
EnólogoPedro Baptista
Descrição do produto
Região de origemAlentejo
CastasTouriga Nacional, Castelão, Syrah
PaísPortugal
ABV%13.0%
EspecialidadeUma jovem rosa fresca e frutada. Ideal para uma tarde de verão. Fermentação das castas separadas em cubas de inox com temperatu-re controlado. Seguido por algumas semanas, fique sur lies com battonage.
ProdutorGranadeiro - Monte dos Perdigões
OlfactoÀ vista de Reguengos de Monsaraz, no extenso e intrigante Alentejo, encontra-se o Monte dos Perdigões na posse da família Granadeiro desde 2001. Foi em tempos casa de Damião de Góis, humanista Luso do Séc. XVI e mais tarde do ilustre maestro e compositor Luís de Freitas Branco, que aqui compôs algumas das suas obras mais marcantes. É um lugar marcado pela sensibilidade artística, pensamento livre e obra feita.Aqui nasceu a Adega do Monte dos Perdigões, por entre as vinhas que se veem renascer ano após ano, numa fusão entre o passado e o futuro, onde imperam materiais nobres como o mármore alentejano e o carvalho francês. Aqui são criados os vinhos do Monte dos Perdigões, vinificados e engarrafados sob o rigoroso controlo de uma dedicada e inspirada equipa técnica e o enorme respeito pela mãe natureza.
AlérgenosContém Sulfitos
Servir aServir a uma temperatura de 12ºC.
EnólogoPedro Baptista
Descrição do produto